Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sr. Solitário

Aquilo que penso. Aquilo que sinto. Aquilo que sou.

Aquilo que penso. Aquilo que sinto. Aquilo que sou.

06
Set16

Já estão maduras!

Sr. Solitário

Ontem fui fazer uma visita a casa da minha avó. A aldeia onde ela mora, e sempre morou, ainda é mais rural que a minha. Aqui e ali pode ver-se a pacata, mas ao mesmo tempo trabalhosa, vida de campo. O milho semeado começa a secar e a ficar pronto para a colheita para, logo depois, a desfolhada das espigas... preparam-se outras plantações, colhem-se outras.

 

Ao passar pelas ruas não pude deixar de reparar nas videiras que ladeiam os campos cheias de uvas já maduras. Pelo aspeto que se vê nas fotos que tirei, dá para perceber perfeitamente que já estão doces e sumarentas, prontas para serem devoradas pelos mais gulosos, como foi o caso da minha mãe.

 

Pode parecer estranho estar para aqui a falar das uvas que já estão maduras e da vida do campo, mas o que é certo é que todas estas memórias me fazem retornar à minha infância. Nesta época do ano, em que os dias começavam a ficar mais frios, as folhas das árvores amarelecidas e decadentes, o anoitecer cada vez mais cedo, o regresso ás aulas mais próximo, deleitávamos-nos com estas iguarias que estavam tão próximas de nós, mesmo à mão de semear, e comíamos as uvas amadurecidas até enchermos a barriga e, sem vontade de jantar, brincávamos e riamos até ser noite.

 

IMG_20150902_114148.jpg

IMG_20150902_114158.jpg

 

24 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Este blogue tem direitos de autor

Copyrighted.com Registered & Protected 
AV4F-DECN-50AT-8KBU

A ler...

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D