Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sr. Solitário

Aquilo que penso. Aquilo que sinto. Aquilo que sou.

Aquilo que penso. Aquilo que sinto. Aquilo que sou.

16
Mar16

O dia em que tu me deixaste

Sr. Solitário

No dia em que tu me deixaste, fiquei sem chão. Era como se o mundo me quisesse engolir, levando consigo todos os meus lamentos, angústias e desesperos. Desespero é a palavra correta para defenir o meu estado nesse dia. Desesperadamente corri, tentando te encontrar, para poder falar contigo, levar-te à razão, queria que percebesses que não é com um simples sms que se acaba um namoro. Bati à tua porta, tentei te ligar umas mil vezes, muitas mensagens escrevi... nunca tive uma resposta! E já se passaram 6 anos.

 

Nunca me explicaste o porquê. Até hoje não sei qual foi o erro que cometi. Mas agora sei. O erro foi amar-te demais! Amar demais uma pessoa que nunca teve um gesto de carinho para comigo. Sempre me senti inferior em relação a ti, e o amor não é isso... ou será que eu não sei amar?

 

Lembro-me tantas vezes quando dizias "precisas de fazer muito mais para me satisfazer"; "os teus amigos vão tentar tirar-me de ti, vão ver que tens um namorado muito bonito"; "quando fores comprar roupa, quero ir contigo, não me leves a mal, mas tu não te vestes muito bem". Engraçado que quando amamos ficamos cegos até ao ponto de aceitarmos ouvir certas coisas... como é possível? No fim disto tudo ainda dizias que me amavas. Será que tu sabes o que é o amor?

 

Usaste-me e deitaste fora quando quiseste. Nem a um adeus digno tive direito. Desprezaste-me. Hoje sei que voltaste para um ex companheiro que te trai a qualquer oportunidade. E eu pergunto: era isto que querias? És feliz assim? Que bom para ti.

 

No fim disto tudo, quero agradecer-te. Não pelos momentos que passamos juntos, esses quero guarda-los bem lá no fundo da minha memória, num convés, fechado a sete chaves. Quero agradecer-te por me teres deixado! Obrigado, sem ti sou mais feliz.

 

Nunca te vou perdoar. Não sei se isso te irá pesar na consciência, certamente que não, tens uma pedra no lugar do coração.

Só queria saber o porquê. Esta dúvida consome-me o pensamento e assalta os meus sonhos à noite.

15 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Este blogue tem direitos de autor

Copyrighted.com Registered & Protected 
AV4F-DECN-50AT-8KBU

A ler...

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D