Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sr. Solitário

Aquilo que penso. Aquilo que sinto. Aquilo que sou.

Aquilo que penso. Aquilo que sinto. Aquilo que sou.

06
Mai16

O tampão

Sr. Solitário

Acredito e entendo que ser mulher não deva ser nada fácil. E então, naqueles dias do mês, deve ser uma complicação!!

Hoje decidi vestir a vossa pele. É verdade, acreditem! Hoje quem vos vai contar uma história é a Sr.ª Solitária. Dêem-lhe as boas vindas

 

Hoje tenho um jantar de amigos importantíssimo, estou tão empolgada!! Vou usar o meu melhor vestido, quem sabe não encontro a minha metade da laranja hoje? Tenho que estar linda e deslumbrante!

Oh merda, veio-me o período!!! E agora? Não posso usar o meu vestido lindo de gala com umas cuecas que mais parecem da minha avó só por causa de utilizar um penso! Vou ter que usar um tampão... Ai não gosto nada! Bem, tem que ser... cá vai disto... hummmmm... pronto já esta aquela coisa lá dentro. Sinto-me tão desconfortável. Ai odeio ser mulher!

Tenho que levar alguns na carteira, vou precisar de o trocar certamente.

 

Já estou no jantar. Tem aqui homens lindíssimos!! Até se me dá os calores, mas tenho que controlar a minha excitação, não vá o tampão encher com demasiados fluidos!

Um homem muito elegante e charmoso sorri-me e pisca-me o olho. Eu sorrio mas não dou mais confiança do que isso, não vá ele ter segundas intenções. Hoje estou entupida, literalmente!

 

Durante o jantar vou à casa de banho trocar o tampão. Outro processo desconfortável, pois tenho que tirar um para logo depois colocar outro. Vocês homens não entendem, mas se quiserem entender, é fácil! Enfiem um supositório no rabo e vejam se gostam!

 

Acabamos de jantar e percebo que vai haver um baile. Oh meu deus!! Mas como é que eu vou dançar com um tampão dentro de mim?!

O homem elegante e charmoso convida-me para dançar mas eu recuso com um sorriso demasiado exagerado. Ele afasta-se de mim e eu penso que devo ter feito a maior cara de parva de sempre. A culpa é do tampão senhor, não é minha!

 

Para não parecer um objeto à parte dos outros tento dar uns passos de dança juntando-me com umas amigas solteiras e sem par como eu, talvez porque também elas estão com o período?!

Ao dançar sinto uma espécie de cócegas na perna... será que tenho uma formiga?! Oh hoje estou num dia de azar!

Corro para a casa de banho mas vejo que não é formiga nenhuma, é o fio do tampão que se escapou por entre as cuequinhas e estava a fazer-me cócegas nas pernas.

Definitivamente este não é o meu dia!

 

Despeço-me das minhas amigas e vou para casa descalçar-me e enfiar-me debaixo do chuveiro.

Estou deitada e penso no homem elegante e charmoso. Podia pelo menos pedir-lhe o número de telefone, e podíamos nos encontrar daqui a 5 dias sem qualquer dificuldade.

 

Ai! Ser mulher é muito difícil!

 

absorvente-interno-duvidas-cordinha.jpg

 

 

68 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Este blogue tem direitos de autor

Copyrighted.com Registered & Protected 
AV4F-DECN-50AT-8KBU

A ler...

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D