Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sr. Solitário

Aquilo que penso. Aquilo que sinto. Aquilo que sou.

Aquilo que penso. Aquilo que sinto. Aquilo que sou.

22
Mai17

Sede de amor

Sr. Solitário

love-bottle-wallpaper-1.jpg

 

Vivemos numa sociedade sedenta de amor. Corpos desidratados, ressequidos  e mirrados, procuram desesperadamente uma gota de afeto num mar salgado de amargura e angústia. Como são tolos aqueles que tentam enganar a própria mente, comprando a felicidade a preço de saldo, reconfortando o coração com migalhas de momentos fugazes. O amor deixou de ser um sentimento simples, agora é uma joia rara de difícil acesso, e qualquer imitação, uma reles bijuteria, é perfeitamente aceitável.

 

Como eu gostaria de oferecer milhares e milhares de frascos como este a todos os que comigo se cruzam, apregoando um produto milagroso, para consumir com moderação! Bastava retirar delicadamente a rolha de cortiça e sentir a doce fragrância do amor, aquela que preenche as lacunas da nossa alma, que nos arranca sorrisos e suspiros de satisfação.

Contudo, tudo isto não passa de mais uma ilusão. O amor, essa joia invulgar finamente trabalhada, não se vende e não se oferece, apenas se sente. Qualquer semelhança com outro sentimento é apenas mais uma falsificação.

 

06
Nov16

A importância de um abraço

Sr. Solitário

Sabiam que um abraço, para além de ser uma demonstração de afeto, também é capaz de prevenir doenças relacionadas com o stress e diminuir a suscetibilidade de contrair infeções, conforme um novo estudo da Psychological Science?

Segundo Sheldon Cohen (professor de psicologia da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais na Pennsylvania - EUA) as pessoas que enfrentam algum conflito são menos capazes de lidar com efeitos da gripe, da mesma forma que as pessoas que admitem ter apoio social são parcialmente protegidas dos efeitos do stress, em estados de ansiedade e depressão.

 

Para Sheldon Cohen e a sua equipa de pesquisadores, o estudo sugere que ser abraçado por uma pessoa de confiança pode atuar como um meio eficaz de transmitir apoio e “o aumento da frequência de abraços pode ser um meio eficaz de reduzir os efeitos nocivos do stress”.

“De qualquer maneira, aqueles que ganham mais abraços estão, de alguma maneira, mais protegidos de infeções”, diz.

Mais informações aqui.

 

Vai um abraço?

 

20120815-122753.jpg

 

12
Out16

Avó

Sr. Solitário

A porta estava aberta quando cheguei, como sempre esteve durante o dia, convidativa, deixando o sol entrar para iluminar o pequeno corredor que dá acesso às outras divisões de uma casa antiga, em pedra, cheia de recordações, cheia de sentimentos. Uma pequena habitação que recebeu e viu crescer filhos, netos e bisnetos, três gerações.

Entrei no vestíbulo e o chão de madeira rangeu sob os meus pés. A cozinha fica do lado esquerdo e é lá que vejo a minha avó sentada num cadeirão, de olhos semicerrados, completamente absorta da minha presença recém-chegada. A Fátima Lopes fala através da televisão, promovendo um passatempo qualquer, mas ninguém lhe presta atenção.

 

Ajoelho-me perto da minha avó para tentar ter algum contacto visual com ela. Digo-lhe "olá avó" numa voz doce e calma, acompanhado de um sorriso. Ela olha-me desconfiada e murmura uma espécie de saudação. Não me reconhece, nem eu esperava que o fizesse, já há muito tempo que a doença de Alzheimer lhe roubou as memórias, fazendo-a esquecer de tudo e de todos, até do neto que sempre cuidou e mimou.

Ofereço-lhe a minha mão e ela agarra-a com força como se aquele toque a trouxesse de novo à vida. Faz menção de se levantar e eu digo-lhe que não faça isso, ao que ela desiste e diz-me "não, eu não vou". Acaricio a sua mão que outrora me acariciou a mim, e ela acalma-se. Queixa-se de algo que não consigo perceber, ou simplesmente quer atenção. Falo-lhe como se estivesse a falar com uma criança e ela concorda com tudo aquilo que digo.

Por vezes reclama, diz impropérios, tenta bater... porém, comigo nunca o fez. Será que se esqueceu totalmente do seu neto? De vez em quando penso que não, ou quero acreditar nisso.

 

Após um longo instante, tento soltar a minha mão da dela para ir até lá fora, à carpintaria do meu falecido avô que nunca cheguei a conhecer, observar os canários do meu tio que propagam a sua melodia. Ela agarra a minha mão com mais força para me impedir de sair dali. Um a um, solto os seus dedos de forma afetuosa, para não a magoar.

Recosta-se no cadeirão e eu saio da casa continuando a minha visita não só à minha avó mas a todos os cantos daquela habitação, e em todos eles tenho uma recordação que seja.

 

IMG_20161010_160200.jpg

 

12
Jul16

Porque isto não são só blogs

Sr. Solitário

Não, nós não somos apenas pessoas que gostam de escrever coisas sem importância que nos vêm à cabeça, somos muito mais que isso; não somos apenas pseudónimos, somos humanos; não comentamos os blogs uns dos outros só para ter mais visibilidade, nós gostamos mesmo uns dos outros, como se de uma família se tratasse.

 

Isto não são só blogs. São toda uma partilha de conhecimentos, de exemplos, desabafos, devaneios, risos, lágrimas. Carinho.

Ontem recebi este livro na minha caixa do correio, com uma mensagem muito especial, da nossa querida Pink Poison.

 

Todos os dias agradeço cada comentário, cada palavra de apoio, cada gesto de carinho que têm comigo, cada mensagem especial na minha caixa de e-mail... Agradeço tudo aquilo que me dão. Até tenho medo de estar a ser repetitivo mas é esta a minha forma de gratidão, tão simples e humilde.

 

Mas hoje, quero agradecer especialmente a alguém que conheço há muito pouco tempo, mas que tornou-se numa grande amiga! Nunca ninguém teve um gesto de carinho como este para comigo, o de dar sem receber nada em troca, sem segundas intenções, e isso deixa-me tão emocionado!!

 

OBRIGADO minha querida. Obrigado de coração. Vou guardar tudo com um enorme carinho, até o envelope, em gesto de gratidão eterna.

 

IMG_20160712_151142.jpg

 

Mais sobre mim

foto do autor

Links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Este blogue tem direitos de autor

Copyrighted.com Registered & Protected 
AV4F-DECN-50AT-8KBU

A ler...

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D