Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sr. Solitário

Aquilo que penso. Aquilo que sinto. Aquilo que sou.

Aquilo que penso. Aquilo que sinto. Aquilo que sou.

28
Ago17

D. Teresa - Isabel Stilwell

Sr. Solitário

Ter a oportunidade de ler um romance histórico que recua nove séculos no tempo para mim é um privilégio. Um mundo que só conhecemos bocadinhos, pequenos relatos, que ouvimos nas escolas, vemos em filmes e consultamos em grandiosas obras históricas.

Ao longo das páginas deste romance descobri um mundo completamente diferente, tão rico em tradições boas e más, de um Portugal ainda sem as fronteiras que hoje conhecemos como nossas.

 

D. Teresa, uma filha ilegítima do rei Afonso VI de Leão e Castela, fruto de um caso amoroso com Ximena Moniz, cresceu na corte juntamente com a sua irmã Elvira e sua meia-irmã D. Urraca, com quem veio a ter grandes rivalidades e até guerras de luta pelo poder.

"Filha de um imperador, dele herdou o feitio temperamental e a paixão pelo poder. Viúva ao 25 anos do conde D. Henrique de Borgonha, regeu com pulso de ferro o que era seu por direito. Em 1116, o papa Pascoal II chamava-lhe rainha."

 

D. Teresa foi uma mulher que não abriu mão do poder. "Uma mulher de armas, à frente do seu tempo, que governou num mundo de homens e conspirações.

Pelo seu Condado Portucalense confrontou a meia-irmã e rival rainha Urraca de Castela, o pai, a Igreja Católica, os nobres portucalenses e até mesmo o próprio filho D. Afonso Henriques. A cavalo, de espada em riste, enfrentou-o na lendária Batalha de São Mamede, em 1128".

 

Um romance que recomendo.

Dona-Teresa-Isabel-Stilwell.jpg

 

02
Ago17

História de um Canalha - Julia Navarro

Sr. Solitário

Este foi o primeiro livro que li desta autora e devo dizer que fiquei logo fã desde as primeiras páginas. É algo que não sei explicar muito bem, a sua escrita é tão envolvente, tão marcante, que dificilmente conseguimos parar de ler. Há muito que já não lia um livro assim.

 

Esta é a história de um homem completamente sem escrúpulos, desprovido de sentimentos, que não olha a meios para atingir os seus objetivos. É capaz de tudo para conseguir o que quer...

É um romance completamente diferente daquilo a que estamos habituados, em que a personagem principal é sempre uma vítima e que lhe acontece tudo e mais alguma coisa... neste romance os papeis são invertidos e testemunhamos ao longos destas páginas, na primeira pessoa, a vida e os atos de um vilão.

 

Dos melhores romances que já li, sem dúvida nenhuma! Muito bom.

navarro.png

 

28
Abr17

Só Nós Dois - Nicholas Sparks

Sr. Solitário

Já não lia um livro do Nicholas Sparks há alguns anos. Houve uma altura em que os devorei quase todos, sempre seguidos, e percebi que foi um erro. Sou da opinião que devemos diversificar os autores para não correr o risco de "enjoar".

Este livro foi-me emprestado por um amigo que o comprou por impulso e estava meio esquecido no carro. Quando o vi, li a sinopse e fiquei logo com uma curiosidade crescente em o ler. Tive a sorte desse meu amigo mo emprestar mesmo antes de ele o ler, o que tornou o livro em si mais especial para mim pois fui o primeiro a folhea-lo, página após página, deliciando-me com esta história fantástica.

 

A história que este livro conta é maravilhosa e muito comovente como o próprio autor já nos acostumou. Esta é a vigésima obra do autor, o que o tornou mais exclusivo se assim posso dizer, o primeiro com uma banda sonora exclusiva.

Não vou falar muito mais sobre esta narrativa porque não tenho palavras para o descrever, é simplesmente lindo, envolvente, especial!

Não deixem de o ler, tenho a certeza absoluta que vão adorar. "Às vezes, o fim é apenas o princípio..."

 

so-nos-os-dois-1.jpg

 

02
Dez16

Duas irmãs, um rei - Do livro ao filme

Sr. Solitário

Sou um eterno apaixonado por romances históricos, e então aqueles que retratam a monarquia fazem o meu deleite, adoro! Philippa Gregory é uma das autoras que admiro imenso pelas suas obras ricas em pormenores históricos magníficos descritos com detalhes que nos enleva numa viagem entre séculos conturbados da história da Inglaterra.

Li o livro "Duas irmãs, um rei" o ano passado e adorei. Soube que havia um filme inspirado nessa obra que data de 2008 mas só ontem tive oportunidade de o ver. Vou-me poupar daqueles comentários habituais de que o livro é sempre melhor que o filme, disso já não restam dúvidas, e eu não quero bater mais no ceguinho como se diz na gíria popular.

 

Adorei o filme também. Todos os cenários e a roupagem retratados são riquíssimos, a trama é, também como no livro, apaixonante.

A história das irmãs Bolena e de todas as suas intrigas e mistérios fascina-me. Ana Bolena foi rainha de Inglaterra, casando-se com Henrique VIII após este anular o seu casamento com Catarina de Aragão. Tal enlace resultou numa polémica do ponto de vista político e religioso, e resultou na criação da Igreja Anglicana. A ascensão e queda de Ana Bolena, considerada a mais controversa rainha consorte da Inglaterra, inspiraram inúmeras biografias e obras ficcionais.

 

Um livro e um filme que recomendo.

sem nome.png

 

 

19
Set16

Duas semanas depois de Coração de Papel

Sr. Solitário

Faz precisamente duas semanas que iniciei um novo projeto, a escrita de um romance através do blog. Mas não um romance qualquer, um romance gay. Não tinha qualquer objetivo com a escrita a não ser a divulgação do mesmo, assim como as reações em tempo real que vou tendo cada vez que publico um novo capítulo.

 

A verdade é que não estava à espera que esta trama tivesse tanto sucesso! Dou por mim a ter receio de não corresponder a tantas expectativas e tento sempre arranjar um equilíbrio para não desiludir quem tem acompanhado esta história que tanto tem apaixonado os leitores da blogosfera e não só. No facebook do blog os números de visitas aumentam e as publicações tornam-se populares.

 

Tantos leitores reclamam de eu só publicar um capítulo por dia e dos mesmos serem curtos. Tenho feito um esforço enorme para aumenta-los e ao mesmo tempo ter disponibilidade para este blog, pois a história evolui conforme a vou escrevendo, genuinamente, na hora. Não tenho o romance escrito num documento onde poderia fazer copy/paste, tudo o que escrevo é feito na hora e cada capítulo demora cerca de 2 horas a ser elaborado.

 

Por fim, tenho a agradecer a todos pelo incentivo, pelo apoio, pois sem isso esta história não teria pernas para andar.

A quem ainda não leu, deixo aqui uma referência. Deixe-se apaixonar por esta história.

http://coracaopapel.blogs.sapo.pt

 

02
Set16

Um novo projeto

Sr. Solitário

Quem tem acompanhado o meu blogue sabe que, na segunda-feira dia 5 de setembro, irei dar início à escrita de um romance de minha autoria. Tenho feito várias apresentações do mesmo, inclusive das personagens e um pouco das suas histórias, caracterização, etc.

Tais apresentações têm espicaçado a curiosidade dos meus leitores, alguns deles já contando os dias, o que me deixa muito orgulhoso de mim próprio pelo grande projeto que tenho desenvolvido na minha mente.

 

Gostaria de começar mais cedo com este romance, mas tal não foi possível, pois não chega só ter a ideia na cabeça, há que estruturar a história, é necessário arrumar todas as ideias em gavetas, é preciso gerir as emoções de cada personagem nas suas intrigas ao longo da trama e escrever algo com sentido, como uma boa história deve ser contada, com princípio, meio e fim.

A minha antiga professora de português, amiga minha no facebook, tem-me ajudado imenso, fazendo a revisão dos textos, tempos verbais, pontuações, etc. Eu quero fazer algo em grande para poder partilhar com todos vocês, meus leitores fieis, que merecem ler uma história que vos apaixone e que faça parte do vosso dia-a-dia durante algum tempo.

 

Por isso, espero contar com a vossa presença no dia 5, próxima segunda-feira, pelas 9:00 horas para lerem a primeira publicação de Coração de Papel.

 

novo-projeto.jpg

 

31
Ago16

Coração de Papel [6]

Sr. Solitário

«Andreia é prima de Mariana. Bonita, cabelo loiro, olhos claros e pele igualmente clara, completamente diferente da prima que é morena desde que nasceu.

Diferentes em aspetos físicos mas também diferentes em personalidade. Para Mariana, Andreia é a melhor prima do mundo. Contudo, ela é falsa, calculista e fria. Completamente desprovida de sentimentos.

Descobri o seu verdadeiro carácter quando, por mero acaso do destino, a vi dentro de um carro, em trajes menores, num momento muito íntimo com Renato, o namorado da sua própria prima!

 

E agora? Será que vou ser capaz de contar esta grande traição à minha melhor amiga e sofrer as consequências desse ato? Tenho medo da reação do Renato, mas não consigo viver com este peso na consciência...

Mas será que, ao contar, a Mariana irá acreditar em mim em vez de acreditar no próprio namorado e na própria prima?»

 

fundo data.jpg

 

17
Ago16

Coração de Papel [2]

Sr. Solitário

Mariana é uma jovem linda, deslumbrante, vaidosa. Sempre preocupada com a sua imagem. Alegre, divertida, com um sentido de humor muito característico. Namora com Renato, um jovem rico e estudante de engenharia, mulherengo, que não dá a devida importância à sua namorada.

Será que esta relação tem futuro?

 

Brevemente...

 

fundo.jpg

 

Está escrito!

Mais sobre mim

foto do autor

Links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Este blogue tem direitos de autor

Copyrighted.com Registered & Protected 
AV4F-DECN-50AT-8KBU

A ler...

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D