Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sr. Solitário

Aquilo que penso. Aquilo que sinto. Aquilo que sou.

Aquilo que penso. Aquilo que sinto. Aquilo que sou.

06
Jan17

Violência e mais violência

Sr. Solitário

Foi com um enorme desânimo que ontem assisti às imagens de um jovem que foi severamente agredido por outros lá para a zona de Setúbal. O vídeo tornou-se viral na Internet e gerou uma grande onda de indignação.

Eu não consegui ver as imagens da agressão até ao fim, não depois de tudo aquilo por que já passei. Não quero com isto dizer que também eu sou uma vítima, não sinto necessidade disso, quero apenas deixar uma questão no ar de difícil resposta... Porquê?

 

Não me vou focar apenas nas imagens que visualizei ontem, que mostram de uma forma atroz até que ponto a covardia humana chega, mas em toda a sociedade geral que, de uma forma ou de outra, resolvem sempre os seus problemas com violência, seja ela física ou verbal. Até quando iremos conhecer casos em que a violência é sempre o caminho a seguir? Qual é o prazer em agredir violentamente outra pessoa? A sério que gostava de perceber... É uma sensação de poder? Vitória? Mas o que ganham eles (e elas) com isso?

 

Não gosto de ver os noticiários, ainda ontem comentei isso aqui em casa, prefiro ver um filme, uma série, desenhos animados, outra coisa qualquer! Sempre que acabo de ver um telejornal sinto que uma carga pesada se abateu sobre mim, obrigando-me a curvar os ombros e baixar a cabeça de vergonha... vergonha desta sociedade da qual eu, e vocês, fazemos parte.

 

frente.jpg

 

38 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Este blogue tem direitos de autor

Copyrighted.com Registered & Protected 
AV4F-DECN-50AT-8KBU

A ler...

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D