Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sr. Solitário

Aquilo que penso. Aquilo que sinto. Aquilo que sou.

Sr. Solitário

Aquilo que penso. Aquilo que sinto. Aquilo que sou.

20
Jul18

Perdoa-me - Lesley Pearse

Sr. Solitário

500x.jpg

 

Sinopse

 

O instante em que encontrou a mãe sem vida nunca se extinguirá da memória de Eva Patterson. Num bilhete, as suas últimas e enigmáticas palavras: Perdoa-me.

O mundo seguro de Eva ruiu naquele momento devastador. Mas o inesperado suicídio de Flora vai marcar apenas o início de uma sucessão de acontecimentos surpreendentes. No seu testamento, Flora deixa a Eva um estúdio em Londres. Este sítio é a primeira pista para o passado secreto de uma mulher que, Eva percebe agora, lhe é totalmente desconhecida.

No sótão do estúdio, a jovem encontra os diários e os quadros da mãe, provas de uma fulgurante carreira artística mantida em segredo. O que levou Flora a esconder tão fundo o seu passado? Ao aproximar-se da verdade, Eva descobre um crime tão chocante que a leva a questionar-se se alguma vez conseguirá, de facto, perdoar.

 

Este é o segundo livro que leio desta escritora que me surpreendeu, e este romance não ficou atrás. Esta escritora fascina-me com a facilidade com que a sua escrita nos prende às suas histórias, com muito mistério e suspense à mistura. Conseguimos desenvolver laços com as personagens e até sentir saudades delas quando o livro chega ao fim. A história da Eva nunca mais vai sair da minha cabeça... e a Sophie também não. E mais não posso dizer.

Recomendo este livro e outros desta escritora dos quais ainda não conheço mas que, tenho a certeza, são especiais.

 

19
Jul18

O Reino do Meio - José Rodrigues dos Santos

Sr. Solitário

livro.jpg

 

Sinopse

 

A guerra rebenta em Espanha e o Japão invade a China. Uma relação extraconjugal nos Açores, o atentado contra Salazar e as intrigas palacianas em Tóquio aproximam o coronel Artur Teixeira do cônsul Satake Fukui na mais imprevisível e perigosa das cidades - a Berlim de Adolf Hitler.

Lian-hua, a chinesa dos olhos azuis, está prometida a um desconhecido quando vê os japoneses entrarem em Pequim e a sua vida se transforma num inferno. O mesmo espetáculo é observado pela russa Nadezhda Skuratova em Xangai, onde se apaixona por um português que a forçará a uma escolha impossível.

A Berlim do blackout, dos boatos e das anedotas, do Hotel Adlon, das suásticas que brilham à noite e das lojas vazias com vitrinas cheias; a Pequim das mei po casamenteiras, dos chi pao de seda, dos cules e dos riquexós; a Tóquio do Hotel Imperial, dos golpes no Kantei, do zen e dos códigos de honra giri e ôn; e a Xangai da Concessão Internacional, dos portugueses do Clube Lusitano, dos néones, do Bund, das taxi-girls russas e dos bordéis.

Senhor de uma prosa sem igual, José Rodrigues dos Santos está de regresso ao grande romance com a conclusão da história inesquecível das quatro vidas que o totalitarismo moldou. Lendo-se como um romance autónomo, O Reino do Meio encerra em grande estilo a polémica Trilogia do Lótus, uma das mais ambiciosas e controversas obras da literatura portuguesa contemporânea.

 

O terceiro livro da trilogia Lótus. O livro que encerra a história das quatro personagem oriundas de países diferentes numa guerra política. Li numa semana as 700 páginas que compõem este romance histórico de grande intensidade. Ao contrário dos outros dois volumes dos quais me queixei terem tantos pormenores históricos, não achei este tão maçador. Lê-se muito bem, numa escrita portuguesa muito rica e de fácil compreensão.

Muito bom!

 

06
Jun18

Feira do livro na Note!

Sr. Solitário

Note! está a realizar uma feira do livro com descontos imediatos que chegam aos 50% até dia 10 de julho.

Hoje passei por lá e, mais uma vez, perdi-me no meio de tantos livros e tantos descontos. A minha vontade era trazê-los a todos! Não que não o pudesse fazer, as funcionárias até me agradeciam, mas é a carteira que não deixa.

 

Após uma escolha muito (mas muito!) demorada, optei por trazer um livro de uma escritora espanhola que não conheço, até porque o livro em questão é o seu primeiro romance, mas a forma como está escrito desde o início, ainda para mais uma história contada na primeira pessoa, cativou-me.

A escritora chama-se María Dueñas e o livro é denominado por "O tempo entre costuras". Podem ler mais informações aqui.

 

Após o comprar trouxe-o entre os braços como se suportasse um bebé, todo contente com o meu brinquedo novo, e já o guardei na minha estante que começa a ficar bastante preenchida. Ainda não o vou ler já, tenho tantos em fila de espera, mas tantos, que por vezes eles gritam por mim para chamarem a sua atenção.

 

Como já referi, a feira do livro da Note! dura até dia 10 de julho e, como podem imaginar, não será o único livro que irei comprar. É necessário ter o cartão Continente para aproveitar os descontos! (Eles têm mesmo grandes descontos, a sério!).

 

NoteIt_Logos-01-1024x723.jpg

 

05
Jun18

A Rapariga Alemã - Armando Lucas Correa

Sr. Solitário

 

Andei a "namorar" este livro durante muitos dias. Pegava-o, folheava-o e lia a sinopse por diversas vezes mas dizia sempre que era um pouco caro para o comprar. "Talvez para uma próxima" - dizia sempre... até que chegou o dia em que o Dany me disse: chega! Já andas a vê-lo há muito tempo sempre com vontade de o comprar, eu compro-to. Foi a alegria total.

Li-o em menos de uma semana. É fantástico, poderoso e comovente! Um dos melhores romances que já li, acreditem.

 

9789898869777_jpg.png

 

 

Sinopse:

 

Com o aproximar da guerra, a vida da jovem alemã Hannah Rosenthal mudou.

 

Em 1939, as ruas de Berlim estão decoradas com bandeiras vermelhas, pretas e brancas. Pelas ruas andam «ogres», vestidos com uniformes castanhos.

O pai de Hannah parece mais diminuído a cada dia. E a sua mãe vive sempre com medo. É quando decidem fugir da Alemanha a bordo do navio St. Louis, com destino a Cuba, que lhes dará asilo.

 

Cerca de 70 anos depois, em Nova Iorque, Anna Rosen recebe uma encomenda.

 

No dia do seu 12.º aniversário, chegam às mãos de Anna fotografias de família do pai, Louis, um cubano que nunca conheceu. O nome da remetente é Hannah, e o pacote vem de Cuba. Louis morrera nas Torres Gémeas a 11 de setembro de 2001, pouco antes de Anna nascer.

 

Qual será a relação entre ambas?

 

Decididas a desvendar os mistérios do homem das suas vidas, Anna e a mãe viajam até Cuba para conhecerem Hannah, que as espera. Conseguirão todas encontrar as respostas que procuram?

 

De Berlim, nas vésperas da Segunda Guerra Mundial, a Cuba, à beira da Revolução; da Nova Iorque pós-11 de Setembro à Havana da atualidade, esta história real mostra-nos toda a força e determinação de gerações de exilados, ainda e sempre à procura do seu lugar no mundo.

 

 

«Fascinante. Uma brilhante apresentação dos terrores, paixões, atribulações, coragem infinita e espírito daqueles de que a história se esqueceu.»

Thomas Keneally

autor de A Lista de Schindler

 

«Dei por mim a não conseguir pousar o livro. Identifiquei-me com que os meus pais devem ter sentido na Alemanha e depois no St. Louis. Uma história belíssima e de partir o coração.»

Judith (Koeppel) Steel

Sobrevivente do St. Louis

 

«Profundo e tocante. Este romance foi pessoal para mim, especialmente por ser contado do ponto de vista de uma menina num navio, tal como eu fui.»

Ana Maria (Karman) Gordon

Sobrevivente do St. Louis

 

 

20
Mar18

Escândalos Privados - Nora Roberts

Sr. Solitário

20140205-140324.jpg

 

Sinopse

 

No mundo glamoroso dos talk-shows, as estrelas mais brilhantes escondem os segredos mais negros.

Desenrolando-se no glamoroso mundo da televisão, Escândalos Privados conta-nos a história de Deanna Reynolds, a apresentadora de um pequeno talk-show em ascensão. Bonita, sincera e muito profissional, Deanna decide então partir para Nova Iorque, determinada em tornar-se a melhor dentro do género. Mas isto fá-la atravessar-se no caminho da sua antiga mentora, Angela Perkins, a actual rainha da televisão e uma mulher perigosa de desafiar.

Angela não hesita em roubar convidados, fazer chantagem e até atravessar os limites do bom jornalismo para combater a crescente popularidade de Deanna. E o romance desta com o famoso e encantador repórter Finn Riley, por quem Angela sempre teve uma paixão, só aumenta a tensão. Mas a prova de que as coisas podem sempre piorar é o aparecimento de um fã obcecado, que deseja Deanna só para si, e que começa a matar todos aqueles que se aproximam dela...

 

Este livro trouxe-me um misto de emoções que vão desde a curiosidade à impaciência. A história é interessante, no entanto a rivalidade entre as duas grandes estrelas de televisão dura até quase ao final do livro, e depois tudo acontece tão depressa... Fiquei um pouco desiludido por a escritora não desenvolver mais a história do fã obcecado que, na minha opinião, seria mais interessante do que a rivalidade presente na maioria das páginas que compõem o romance.

Contudo, Nora Roberts, a escritora que vende milhões de livros em todo o mundo, é sempre aquela escritora que nos proporciona boas histórias, bons enredos e, acima de tudo, momentos únicos de emoções.

 

11
Jan18

A Verdade Sobre o Caso Harry Quebert - Joël Dicker

Sr. Solitário

CAPACASOHARRYJPG.jpg

 

Sinopse

 

Verão de 1975. Nola Kellergan, uma jovem de quinze anos, desaparece misteriosamente da pequena vila costeira de Nova Inglaterra. As investigações da polícia são inconclusivas. Primavera de 2008, Nova Iorque. Marcus Goldman, escritor, vive atormentado por uma crise da página em branco, depois de o seu primeiro romance ter tido um sucesso. Junho de 2008, Aurora. Harry Quebert, um dos escritores mais respeitados do país, é preso e acusado de assassinar Nola, depois de o cadáver da rapariga ser descoberto no seu jardim. Meses antes, Marcus, discípulo de Harry, descobrira que o professor vivera um romance com Nola, pouco tempo antes do seu desaparecimento. Convencido da inocência de Harry, Marcus abandona tudo e parte para Aurora para conduzir a sua própria investigação.

 

Do melhor que já li! Um policial cheio de mistério que nos prende do princípio ao fim, numa narrativa notável e comovente. As personagens que fazem parte desta história ainda vivem na minha mente, não quero que se vão embora, são tão especiais! Há muito tempo que não lia um livro assim tão bom, recomendo vivamente.

 

22
Nov17

Uma Terra Chamada Liberdade - Ken Follett

Sr. Solitário

Mais um livro, mais uma deceção. Não sei o que se passa com as minhas escolhas literárias, mas ultimamente têm passado um pouco ao lado, o que me tem deixado um pouco irritado. Ou então sou eu que estou a ficar demasiado exigente para com os livros que leio.

Este nem acabei de o ler, as 120 páginas que li foram as suficientes para o arrumar para o lado e passar para o seguinte.

 

Este romance classificado por romance histórico, nada tem de história, mas antes um enredo de personagens completamente fora de contexto. A trama até pode prender a nossa atenção ao início, a ideia em si é interessante, mas depois desenvolve-se de uma forma que considero uma leitura fácil demais, em que um disse isto, outro disse aquilo e andamos no meio de um diz que disse! Não tenho paciência.

 

Este não recomendo, de todo. Sugestões aceitam-se, pois por enquanto não posso dar ouvidos às minhas.

 

Uma-Terra-Chamada-Liberdade.jpg

 

21
Nov17

O Labirinto dos Espíritos - Carlos Ruiz Zafón

Sr. Solitário

Este livro desiludiu-me um pouco de uma forma que não sei bem explicar porquê. Talvez o meu erro foi compara-lo com o magnífico romance  "A Sombra do Vento", um livro que toda a gente deveria ler, criando assim demasiadas expectativas que me levaram à deceção.

 

Na minha opinião, e ela vale o que vale, o livro faz jus ao nome, pois é um autêntico labirinto onde o leitor facilmente pode se confundir, o que foi o meu caso. Fiquei com a sensação de que se trata de um policial bem diferente dos demais, um policial romanceado se assim o posso classificar.

Este romance/policial tem que ser lido com redobrada atenção, dando a devida importância a todas as personagens por mais insignificantes que nos possam parecer, pois elas estão todas interligadas, e mais não vou revelar.

 

Se o recomendo? Sim, recomendo. Mas atenção! Não cometam o mesmo erro que eu, comparando-o a outras obras da mesma saga, pois por mais que as personagens possam ser as mesmas, as histórias são bem diferentes.

 

o-labirinto-dos-espiritos.jpg

 

19
Out17

Procuro-te - Lesley Pearse

Sr. Solitário

Procuro-te.jpg

 

Este livro foi-me recomendado por uma amiga que falou-me tão bem dele que eu não resisti em trazê-lo mal o vi disponível. Foi o primeiro que li desta escritora e posso partilhar que fiquei surpreendido.

Confesso que julguei os livros pela capa, sempre que os via dizia para mim mesmo que não passavam de apenas uns "romances cor-de-rosa" dos quais não tenho muita paciência para ler. Contudo, a história deste é tão intensa e tão intrigante que li-o apenas em alguns dias. Adorei.

 

"Sacrificaria o amor da sua vida em nome do passado? Daisy tem apenas vinte e cinco anos quando a mãe morre nos seus braços. Embora saiba há muito que foi adotada, sempre se sentiu amada pelos pais e pelos irmãos. Para Daisy, aquela é a sua família. Todavia, o luto vai abalar o equilíbrio doméstico e revelar rivalidades encobertas. A serenidade dá lugar à devastação, e a jovem sente que é a altura certa para partir em busca das suas raízes e confrontar-se com o passado.

Na ânsia por saber mais sobre Ellen, a sua mãe biológica, e à medida que vai desvendando a história da família, Daisy descobre as duras verdades por detrás do seu nascimento.

Mas Daisy não desistirá de a encontrar, nem que para tal tenha de renunciar ao amor da sua vida."

 

Recomendo.

12
Out17

Diz-me quem sou - Julia Navarro

Sr. Solitário

Diz-me quem sou.jpg

 

Quem segue este blog sabe da pequena "saga" que foi a procura deste romance. Valeu bem a pena.

É o segundo livro que leio desta escritora que já apaixonou milhares de leitores por todo o mundo e também eu fiquei rendido. É um romance bastante volumoso, tem cerca de 1083 páginas mas lê-se tão bem, é de leitura tão fácil, que nem damos pelo passar das páginas de tão embrenhados que estamos na história em mãos.

 

"Uma apaixonante aventura protagonizada por personagens inesquecíveis, cujas vidas constroem um magnífico retrato da história do século XX. Desde os anos da Segunda República espanhola até à queda do Muro de Berlim, passando pela Segunda grande Guerra e pela Guerra Fria, o novo romance de Julia Navarro transborda de intriga, política, espionagem, amor e traição."

 

Recomendo vivamente.

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D